Você sabe o que é o Common European Framework (CEFR)?

É um documento que tenta universalizar a descrição de desempenho linguístico dos aprendizes inglês. Em um dado nível, o aluno terá que ter certas competências, como entender pedidos simples, formular questões simples, etc. Não se fala em estruturas gramaticais, mas sim no uso social do idioma, o que o aluno, em certo nível, é capaz de fazer com ele. É importante ressaltar que várias universidades, organismos internacionais, empresas, e, é claro- escolas de inglês adotaram a padronização dada pelo CEF a fim de avaliar o nível linguístico de alunos e funcionários. A troca de nomes dos níveis é proibida, mas é permitido que se adapte a correspondência deles com os níveis, como básico, pré-intermediário, intermediário, pós-intermediário, avançado, proficiente.

 Veja a descrição abaixo:

A – Basic User (Usuário Básico)

A.1 – Breakthrough

Neste estágio, você é capaz de:

  • Apresentar-se e fazer o mesmo com outras pessoas.
  • Fazer e responder a perguntas pessoais simples, como: onde mora, o que faz, o que gosta.

A.2 – Waystage

Neste estágio, você é capaz de:

  • Dar informações pessoais básicas sobre a sua família, seu trabalho, estudo.
  • Fazer compras.
  • Trocar informações diretas sobre assuntos rotineiros conhecidos.
  • Falar, de forma simples, de sua formação profissional e educacional.
  • Falar da sua cidade, empresa, país, de forma simples.

B – Independent User- ( Usuário Independente)

B.1- Threshold

Neste estágio, você é capaz de:

  • Lidar com situações de viagem em um país estrangeiro.
  • Escrever textos simples de assuntos conhecidos e de seu interesse.
  • Descrever experiências, ambições, situações.
  • Justificar, de forma simples, as suas opiniões.

B.2 – Vantage

Neste estágio, você é capaz de:

  • Compreender aspectos concretos e abstratos de um texto, mesmo que sejam assuntos técnicos em sua área acadêmica ou profissional.
  • Consegue interagir com falantes nativos sem muitos problemas.
  • Tem condições de falar sobre vantagens e desvantagens de um tópico.
  • Produzir textos mais detalhados sobre vários assuntos.

C – Proficient User  (Usuário proficiente)

 

C1- Effective Operational Proficiency

Neste estágio, você é capaz de:

  • Interpretar textos mais longos e complexos, mesmo que tenham um sentido implícito.
  • Expressar-se claramente, sem procurar palavras ou expressões.
  • Usar o idioma facilmente para situações sociais, acadêmicas, diárias e profissionais.
  • Escrever textos claros, detalhados sobre temas complexos.

C2- Mastery

Neste estágio, você é capaz de:

  • Compreender quase tudo o que ouve e lê.
  • Condensar informações, fazer relatos e reconstruir textos de forma eficiente.
  • Falar e se fazer entender de forma eficiente, fluente e precisa.

 Para saber mais: www.coe.int

Por Marianne Rampaso

 

One thought on “Você sabe o que é o Common European Framework (CEFR)?

  1. Pingback: Cambridge Day 2013 – Part 3 – Michael McCarthy | English@Work

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*